Ouça esse Som #2 – Aurora Boreal

“Você já ouviu falar do amor?” É isso que pergunta Erika Silva, vocalista da banda Aurora Boreal em sua música “Sol sem Filtro” e é sobre essa banda que falarei no segundo episódio da série #OuçaEsseSom. Aurora Boreal é uma banda independente formada por apenas dois integrantes: Erika Silva e Cleiton Gomes. Os dois amigos de longa data mantêm uma parceria musical via web, ela em Belém e ele em São Paulo. Adepta do homestudio, a dupla faz um estilo singular, misturando Folk com Bossa Nova, além de usar bastantes sintetizadores. Através de letras que falam sobre sentimentos verdadeiros, é possível notar uma grande leveza nas músicas do Aurora Boreal, fazendo jus ao nome da banda. Ouví-los é realmente como assistir a aurora boreal numa noite silenciosa. Nem baixo e guitarra conseguem tirar essa leveza, carregada de reverbs e uma ambiência sem igual. Além disso, o som deles remete a uma música bem regional, mas não no sentido de “regionalização” (leia-se: separação), mas no sentido de música de raiz. É um som carregado de brasilidade e causa uma estranha familiaridade que faz você jurar que já ouviu a música antes, mas não se lembra onde. Bateu a curiosidade? Então qual …

Cássio SáOuça esse Som #2 – Aurora Boreal

Ouça esse Som #1: Kaleidoscope

Kaleidoscope é uma banda de Folk dos EUA que fez sucesso durante os anos 60 (não confundamos com a banda Kaleidoscope do Reino Unido). Os conheci totalmente por acaso por culpa de uma música chamada Mickey’s Tune que está incluída na trilha sonora do filme Zabriskie Point (que também tem algumas músicas da minha banda favorita, Pink Floyd). Diferente das bandas de folk que eu tinha conhecido até agora, essa tem uma pegada psicodélica, e, em algumas músicas o peso da guitarra e bateria que logo mais veio a se tornar o folk metal, que faz um sucesso danado hoje em dia. A música entitulada “Please” tem uma letra extremamente interessante que me fez ficar encantado da primeira vez que eu ouvi. Ela fala sobre aquelas pessoas que se metem demais nas nossas vidas, querendo nos dar conselhos que acabam nos impedindo de enxergar as coisas por conta própria. Eis a letra traduzida: Eu sei que você quer ajudar Quando você me dá conselhos Mas você não percebe Que você não pode viver a minha vida? Eu tenho que me levantar e voar Eu não consigo respirar aqui em baixo E se eu colidir, continue esperando Eu estou apenas começando …

Cássio SáOuça esse Som #1: Kaleidoscope